Web Rádio

No Horto, Corinthians enfrenta o Atlético-MG em “final antecipada” do Campeonato Brasileiro

31 OUT 2015
31 de Outubro de 2015

                  Atacante Lucas Pratto se mostrou confiante para pegar o Corinthians (Bruno Cantini/Atlético MG)

Por Henrique Masini Hein


O Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro, terá uma dura tarefa na tarde desse domingo. O Clube do Parque São Jorge enfrenta o Atlético-MG, fora de casa, em jogo que vale, praticamente, o título do Brasileirão de 2015. A diferença entre as duas equipes no momento é de oito pontos (70 do Timão, contra 62 do Galo Mineiro). Faltando seis rodadas para o fim da competição, não há como não dizer que a partida de logo mais não pode mudar o rumo do Campeonato Brasileiro.

Se vencer, o Atlético-MG diminuirá a vantagem do Timão para cinco pontos, faltando 15 em disputa. Se perder ou empatar, o Corinthians terá o titulo praticamente garantido em mãos. Sendo assim, o pensamento do técnico Levir Culpi é vencer ou vencer para continuar sonhando com o titulo atleticano, algo que não ocorre desde 1971. A equipe deve ser a mesma que enfrentou a Ponte Preta na rodada passada, a única exceção fica por conta do zagueiro Jemerson, que está suspenso. Edcarlos será o substituto.

O Corinthians por sua vez, deverá fazer o seu jogo e deixar a responsabilidade toda nas mãos do seu adversário. Um eventual empate não é visto com maus olhos pelos jogadores e pelos dirigentes paulistas. Em caso de derrota, bola pra frente, pois o Timão ainda teria cinco de vantagem (algo não muito difícil de ser administrado até a última rodada). A única baixa em relação ao time que vinha atuando constantemente é a do volante Elias, suspenso. A tendência é a de que Rodriguinho comesse jogando de segundo volante.

A partida decisiva está marcada para começar às 17h, nesse domingo. 

LOCAL DA PARTIDA: Arena Independência – Belo Horizonte/BH.

HORÁRIO DA PARTIDA: 17h00.

ARBITRAGEM: Apita o jogo o Senhor Heber Roberto Lopes (SC), auxiliado por Kléber Lucio Gil (SC) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO). O quarto árbitro é Anderson Daronco (SC).

AS ESCALAÇÕES:

Atlético-MG A missão no Galo para esse jogo é uma só: Vencer a qualquer custo! O clube mineiro precisa dos três pontos para diminuir a vantagem do Corinthians na liderança, que hoje é de oito pontos A vitória contra o Timão pode servir de estimulo para o Atlético-MG tentar mudar o rumo do campeonato nacional. O técnico Levir Culpi deverá promover apenas uma mudança em relação à equipe que enfrentou a Ponte Preta na rodada passada. Edcarlos será o substituto de Jemerson (suspenso) e formará a dupla de zaga com Leonardo Silva. Com isso, o provável Atlético-MG deve ter: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Edcarlos e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Jesus Dátolo, Giovanni Augusto e Luan; Lucas Pratto.

Corinthians: A única dúvida do técnico Tite já foi sanada. Quem ocupará a vaga de segundo volante no setor de meio campo corintiano será Rodriguinho. O meia-atacante entrará na vaga de Elias, que está suspenso. Com isso, o Timão vai a campo com: Cássio, Edilson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Rodriguinho, Renato Augusto, Jadson e Malcom; Vagner Love.

OS DESFALQUES:

Atlético-MG: Ao todo no Galo são cinco desfalques já confirmados para a partida contra o Corinthians. Levir Culpi não terá a disposição o goleiro Giovanni, o lateral esquerdo Mansur e, os volantes Lucas Cândido e Josué; todos machucados. Além deles, Jemerson está suspenso e não jogará.

Corinthians: Fagner (lesão na coxa direita), Uendel (lesão na coxa esquerda), Luciano (operou o joelho direito) e Rildo (operou o ombro esquerdo) seguem fora e sem previsão de retorno. Além deles, o volante Elias está suspenso e não enfrenta o Galo.

O CRAQUE:

Atlético-MG: É bem verdade que Lucas Pratto é o artilheiro do Galo na competição com 12 gols, mas o atacante deve muito de seu resultado individual ao trio de meio campo ofensivo formado por Dátolo, Giovanni Augusto e Luan. Juntos, o quarteto atleticano é a principal arma para a partida contra o Corinthians.

Corinthians: Não restam dúvidas de que a ótima campanha do Timão na competição deve-se a regularidade do time, em especial a Jadson. Com 12 gols marcados e 10 assistências no campeonato o camisa 10 e de longe o jogador mais regular e decisivo da equipe. 

Voltar

Web Rádio Premium Esportes. O seu esporte no caminho do bem!