Web Rádio

Corinthians empata em Itaquera, quebra recorde e devolve o recém-promovido Avaí para à Série B    

07 DEZ 2015
07 de Dezembro de 2015

Desespero do Avaí: time é rebaixado após uma temporada na elite (Foto: Marcos Ribolli)

O Campeão brasileiro Corinthians fechou a sua participação na temporada 2015 do futebol nacional!

Contra o desesperado Avaí, em Itaquera, o Alvinegro Paulista não venceu, mas quebrou um recorde importante. O empate, por 1x1, ao fim do jogo, fez com que o time do Parque São Jorge garantisse a melhor campanha da história dos pontos corridos disputados por 20 clubes, porém, a “não vitória” diante do Avaí impediu o Timão de se tornar o recordista de aproveitamento de pontos em uma mesma edição de campeonato nacional - terminou com 71,1%, atrás do Cruzeiro de 2003, que teve 72,5% num torneio com 24 clubes.

Para os havaianos, o empate não foi o suficiente para garantir a permanência do clube na elite do futebol brasileiro. A equipe de Florianópolis, promovida à elite na temporada passada, voltará a disputar a Série B em 2016. O time estava se salvando até os 32 do segundo tempo, com um gol de Claudinei. Mas o gol de Vagner Love acabou rebaixando o Avaí e, de quebra, mantendo o arquirrival Figueirense na primeira divisão.

O JOGO:

O Corinthians foi muito aquém do que poderia jogar! Diante do Avaí, o Timão não conseguiu repetir as mesmas atuações dos jogos anteriores ao longo de toda a sua campanha. Mesmo assim, era quem mais criava chances e assustava no primeiro tempo. A melhor oportunidade aconteceu com Malcom logo aos 2 minutos.  

No lance, Elias avançou pela direta do campo de ataque e enfiou bela bola para Malcom na grande área. O garoto saiu cara a cara em diagonal com o goleiro Vagner e bateu rasteiro, mas o goleiro defendeu com os pés o gol certo do atacante. Minutos mais tarde, Rodriguinho recebeu de Elias dentro da área, escapou da marcação e chutou de perna esquerda. A bola passou muito perto do canto direito de Vagner.

Após o susto, o Avaí se recompôs e acordou apenas no segundo tempo. Everton Silva avançou pela direita do ataque e chutou forte. Cássio ergueu os braços, desviou e mandou a bola para escanteio. Em seguida veio o gol da salvação havaiana.

Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio, Nino Paraíba levantou a bola para a área. O volante Claudinei subiu entre os zagueiros do Corinthians; se antecipou a Felipe e desviou no canto baixo direito de Cássio. Gol que naquele momento garantia a permanência do Leão na elite do futebol nacional.

Com o gol sofrido o Timão foi com tudo em busca do empate!

Depois de tanto ser pressionado. O Avaí viu a sua barreira defensiva ser desmoronada por Vagner Love aos 32 minutos. Na jogada, Elias disparou do campo de defesa para o campo de ataque sem marcação. O camisa 7 tocou para Danilo entre os zagueiros. Na tentativa de penetrar na área Romário cortou, mas a bola sobrou para Vagner Love, que de primeira, desviou na saída do goleiro Vagner. 

O gol Timão em Itaquera, nesse momento, mudava todo o rumo do campeonato na parte de baixo da classificação. Com o empate de momento entre Corinthians e Avaí e, a vitória parcial do Figueirense diante do Fluminense, por 1x0, no Orlando Scarpelli, quem passava a ser rebaixado era o Avaí e não mais o Figueirense.  

Faltando menos de 15 minutos para o termino da partida, o Avaí se lançou desesperadamente em busca de um gol salvador e, por pouco, quase não acabou perdendo o jogo!

Aos 49, o goleiro Vagner foi para a grande área do Timão tentar a cabeçada em um ato de desespero. Após o lance não virar nada, o arqueiro demorou-se a voltar para o gol e, em rápido contra-ataque, a bola sobrou no auto para Malcom desviar de cabeça junto o goleiro, que estava fora da área. Ao ganhar a dividida, a bola ia em direção ao gol, mas Romário conseguiu, de pé esquerdo, jogar para lateral e evitar o segundo gol do Corinthians.

Mesmo com todos os esforços dos jogadores catarinenses, não deu! O jogo terminou empatado, em 1x1, e os havaianos amargaram o rebaixamento para a Série B, junto com o Vasco, o Goiás e o Joinville. Coritiba e Figueirense acabaram se salvando na última rodada. 

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 1x1 AVAÍ

DATA E LOCAL DO JOGO: 06/12/2015 – ARENA CORINTHIANS

ARBITRAGEM: Leandro Pedro Vuaden (FIFA-RS), auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios (FIFA-SE) e Marcelo Bertanha Barison (RS).

PÚBLICO E RENDA: 43.652 espectadores para uma renda de aproximadamente R$ 2.678.940,00.

GOLS CORINTHIANS: Vagner Love, aos 32 minutos do segundo tempo.

GOLS AVAÍ: Claudinei, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES CORINTHIANS: Vagner Love e Elias (Amarelo).

CARTÕES AVAÍ: Everton Silva e Vagner (Amarelo).

ESCALAÇÃO CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf (Bruno Henrique), Elias, Malcom, Rodriguinho (Romero) e Lucca (Danilo); Vagner Love. 

Técnico: Tite.

ESCALAÇÃO AVAÍ: Vagner; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Emerson e Romário; Claudinei, Renan (Roberto) e Renan Oliveira (Rudnei); Everton Silva (Pablo), Anderson Lopes e Romulo. 

Técnico: Raul Cabral.

*Mosaico com a imagem de Tite em Itaquera (Foto: Marcos Ribolli)

Voltar

Web Rádio Premium Esportes. O seu esporte no caminho do bem!