Web Rádio

Botafogo:  Bruno Silva pede postura mais inteligente diante do Atlético Nacional

16 MAI 2017
16 de Maio de 2017

O Botafogo vem realizando uma bela campanha na Taça Libertadores de 2017. Um dos pilares da ótima campanha é o volante Bruno Silva. Os números são fortes aliados para comprovar a importância do camisa 8 botafoguense.

Somando as classificações contra Colo-Colo e Olímpia na fase eliminatória e as quatro partidas na fase de grupos, Bruno Silva já fez 11 desarmes e lidera o quesito no Fogão, com dois de vantagem para Emerson Santos, segundo colocado. Além disso, o volante foi o jogador alvinegro que mais acertou viradas de jogo na competição continental e também já contribuiu com uma assistência para gol. “Sou um jogador que me cobro bastante e sei da minha importância ao time. O próprio Jair já reconheceu isso publicamente. Procuro fazer sempre o meu trabalho da melhor maneira, sendo obediente taticamente para que outros jogadores possam exercer bem suas funções. Sou um cara comprometido com o grupo e quero sempre ajudar o Botafogo”, declarou o volante que tem 68 jogos pelo clube da estrela solitária.

Na próxima quinta-feira, às 21h45, o Botafogo volta a campo pela Libertadores contra o Atlético Nacional, atual campeão da competição. O duelo está agendado para o estádio do Engenhão. Com uma vitória, os comandados de Jair Ventura sacramentam a classificação para as oitavas de final com uma rodada de antecedência. “Será bastante especial conseguir essa vaga antecipada diante do nosso torcedor. Mas, temos que respeitar o rival, atual campeão da Libertadores. Vamos entrar concentrados em busca dos nossos objetivos”, relatou Bruno Silva.

Após o tropeço da última rodada, em casa, diante do Barcelona de Guayaquil, o sinal de atenção foi ligado no Botafogo. É o que garante Bruno Silva. “Naquele jogo, diante da torcida, entramos correndo risco demais, nos expondo, pois queríamos vencer para cravar logo nossa classificação. Essa postura acabou nos prejudicando um pouco, pois deu espaço para os contra-ataques dos equatorianos. Para buscar a vaga dependemos só da gente. O Atlético é quem precisa vencer para continuar vivo. Por isso, vamos ter uma postura mais inteligente para sairmos de campo classificados”, finalizou.

Voltar

Web Rádio Premium Esportes. O seu esporte no caminho do bem!