Web Rádio

Futebol feminino: Kindermann vence São José em partida marcada por muita confusão

25 SET 2014
25 de Setembro de 2014
Por Rafael Alves

E um confronto com rivalidade já conhecida, o Kindermann venceu o São José pelo grupo 2 do Brasileirão Feminino Caixa. Sâmia foi responsável pelo gol da vitória que deu a liderança para o time de Caçador, que dessa vez, jogou em Fraiburgo.

Infelizmente a partida foi marcada por muita confusão. Membros da delegação do São José, acusaram parte da torcida do Kindermann por cometerem injúria racial. Segundo publicado no site MEON.com.br, de São José dos Campos, Gustavo Assad, coordenador da equipe conta o que teria acontecido: "É lamentável. É uma falta de respeito enorme com a gente e com qualquer ser humano. Vi torcedores xingando ela (Michele) de macaca durante a partida, mas a arbitragem não registrou na súmula”.

A diretoria da Águia do Vale ainda não sabe se vai levar o caso na Justiça.

Do lado catarinense, a diretoria do clube emitiu uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido onde eles acusam a equipe do interior paulista por ter sido violenta. A nota também cita o nome do treinador Adilson Santos que teria xingado a arbitragem e também o treinador do time caçadorense, Marcelo Frigério.

Confira a nota na íntegra:

"ESCLARECIMENTO:

Infelizmente a equipe do São José Esporte Clube perdeu a compostura no jogo de hoje diante do Kindermann, em confronto válido pelo campeonato brasileiro de futebol feminino.

Desde o início do jogo, a equipe Joseense partiu para a violência dentro de campo, inclusive, Carolzinha foi expulsa ao dar um chute covarde em Sâmia Pryscila, que estava caída no chão. Além disso, o técnico Adilson dos Santos passou 90 minutos xingando a arbitragem e, também, o técnico caçadorense Marcelo Maria Frigerio.

Ao final do jogo, o preparador físico Itamar e o técnico Adilson, além de uma mulher não identificada, foram ao vestiário da arbitragem. Itamar disse que "só com um juizinho destes para um timequinho ganhar do São José". Não satisfeito, o São José deu prosseguimento ao fiasco com a atleta Michele Carioca mentindo vergonhosamente que teria sido alvo de injúria racial. Isso é uma inverdade, uma mentira deslavada e, como disse o presidente, Richard Kindermann, o São José não precisava fazer isso para tentar desmerecer a nossa vitória.

Lembramos que recentemente na Copa do Brasil fomos eliminados pelo mesmo São José, com as nossas atletas sendo xingadas e com uma péssima arbitragem. E, nem por isso, fizemos este fiasco ou inventamos qualquer coisa sobre a equipe do São José.

Pois, acima de tudo, trabalhamos para o desenvolvimento do futebol feminino e entendemos perfeitamente o significado do "espírito esportivo".

Desde já esclarecemos que por um dever jornalístico, estamos mostrando os acontecimentos considerando todas as partes envolvidas e por uma questão de responsabilidade, o Planeta Futebol Feminino e a Premium Espores estarão disponíveis para que as pessoas mencionadas na matéria possam ter o seu direito de resposta.


Voltar

Web Rádio Premium Esportes. O seu esporte no caminho do bem!