Web Rádio

6 Horas de São Paulo: Autódromo de Interlagos é marcado pelo domínio da Porsche, despedida de Tom Kristensen e o retorno de Emerson Fittipaldi as pistas

01 DEZ 2014
01 de Dezembro de 2014
Foto: Divulgação/John Rourke

Por Camila Andrade*

A última etapa do Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC) aconteceu neste domingo (30), no Autódromo de Interlagos, com a 6 Horas de São Paulo. E como nos treinos livre e o classificatório, quem mandou nas pistas da capital paulista foi a Porsche.

A construtora, que não brigava pelo título da WEC, confirmou o favoritismo, conquistado durante todo o final de semana, com o trio Neel Jani, Richard Dumas e Marc Lieb, pilotando o carro #14, pela LMP1.

O carro da Toyota, com o segundo lugar no pódio, garantiu o título no mundial, pela primeira vez, já que a hegemonia era da Audi, de Tom Kristensen e do brasileiro Lucas Di Grassi, nesta etapa, com o primeiro carro e junto com o francês Loïc Duval, asseguraram a terceira posição e a segunda pela construtora no ano.

A pista de Interlagos se despediu neste domingo. Já que entra em reforma e só deve voltar no final de 2015. Para a WEC, o retorno está previsto para março de 2016.

A 6 Horas de São Paulo começou com a dupla da Toyota Sebastian Buemi e Anthony Davidson se portando bem na pista e assegurando a segunda colocação, mas os campeões de construtora e de pilotos não ficaram no lugar mais alto do pódio.

Os três primeiros colocados de cada categoria, foram definidos com o Safety Car a frente, pois, o carro de Mark Webber e Matteo Cressoni se envolveram em um acidente e a Ferrari e a Toyota TS ficaram completamente destruídas.

 

Acidentes

O primeiro deles, ocorreu com o francês, Olivier Pla, da Ligier #26, com uma hora de corrida. O piloto, que liderava a categoria LMP2, bateu na mureta externa na primeira perna do’ S do Senna’. Bandeira amarela na pista. Nada aconteceu com ele, que retornou as pistas um pouco depois.

O segundo, mais grave, com Mark Webber, que acertou seu Porsche na curva do Café, com a batida, Outro a Ferrari #90, de Matteo Cressoni foi atingido. Safety Car na pista. O Toyota TS 040 ficou completamente destruído. Já o ‘ex-Formula 1’, foi retirado do carro e levado de ambulância para o Centro Médico.

 

Os brasileiros

Pouco mais de duas horas de corrida, enfim, o Bicampeão Mundial de F1, Emerson Fittipaldi marcou sua "volta" as pistas. Mas, seu retorno foi frustrado, pois pouco tempo depois, com problema no câmbio voltou para os boxes. A Ferrari #61 do piloto, ficou um bom tempo no Pit Stop acabou retornando e mais tarde Emerson também pilotou por um tempo.

Di Grassi, entrou na pista logo após a saída de Emerson. No momento em que ele fez a troca, sua equipe, a Audi, estava entre os três primeiros, caiu três posições e ficou na pista. Quando entregou o carro para o o vencedor de nove 24 Horas de Le Mans, da WEC, Tom Kristensen deixou o Audi #1, na segunda posição.

O outro brasileiro na 6 Horas de São Paulo, Fernando Rees, foi bem em sua categoria, a GTE PRO, com seu carro Aston Martin #99 e garantiu boa classificação para a equipe. Já no fim da prova, seu carro se chocou com Jörg Bergmeister, do Porsche #91, em disputa pela quarta colocação, mas nada de mais grave aconteceu com ele.

Confira como ficou o pódio da 6 Horas de São Paulo, por categorias:

 

LMP1

1º Neel Jani/Richard Dumas/Marc Lieb (Porsche)

2º Anthony Davidson/ Sebastian Buemi (Toyota)

3º Tom Kristensen/Löic Duval/Lucas Di Grassi (Audi)

 

LMP2

1º Alexandre Imperatori/Richard Bradley/Mattwon Rowson (KCMG)

2º Nicolas Minassian/Maurizio Mediani/Sergey Zlobin (SMP Racing)

3º Kirill Ladygin/Viktor Shaitar/Anton Ladygin (SMP Racing)

 

LMGTE PRO

1º Steven Mücke/Darren Turner (Aston Martin)

2º Patrick Pilet/Fredric Makowiecki (Aston Martin)

3º James Calado/Davide Rigone (Ferrari)

 

LMGTE AM

1º Pedro Lamy/Paul Dalla Lana/Christoffer Nygaard (Aston Martin)

2º Nicki Thiim/David Hainemeier-Hansson/Kristian Poulsen (Aston Martin)

3º Michele Rugolo/Stephen Wyatt/Andrea Bertolini (Ferrari)

Voltar

Web Rádio Premium Esportes. O seu esporte no caminho do bem!