Web Rádio

Nelsinho Piquet vence o E-Prix de Long Beach; Di Grassi chega em 3° e Senna em 5°lugar

04 ABR 2015
04 de Abril de 2015
Por Matheus Pinheiro

O Brasil continua nadando a braçadas largas na Fórmula-E. Nelsinho Piquet, da China Racing, venceu o E-Prix de Long Beach, com Jean Eric Vergne da Andretti em segundo e Lucas di Grassi, brasileiro da Audi, em 3°. Bruno Senna, da Mahindra foi o quinto. 

A vitória foi quase que em sua totalidade construída na largada. Nelsinho pulou de terceiro para primeiro e de lá não saiu mais. Abriu uma excelente vantagem para pelotão que brigava pelo 2°lugar, perdeu a ponta apenas na parada para troca de carros. O brasileiro é o sexto vencedor diferente em seis corridas da F-E e coincidências a parte, há exatos 35 anos, Nelson Piquet, o pai, vencia pela primeira vez na F-1 no próprio circuito de rua de Long Beach e assim como Di Grassi hoje, Emerson Fittipaldi foi o 3°colocado. Vergne segundo não ameaçou a vitória de Nelsinho, mas também não foi ameaçado, correu tranquilo. 

Di Grassi em terceiro foi o maior beneficiado da corrida: além de chegar ao pódio pela 4°vez na temporada, contou com os abandonos de Nicolas Prost e Sam Bird para chegar sem problemas em terceiro e retomar a liderança do campeonato. O piloto da Audi fez uma corrida limpa e sem precipitações e ganha moral para a parte final do campeonato. 

Bruno Senna merece destaque também: o brasileiro da Mahindra conquistou seu melhor resultado na temporada, largou em 12° e foi agressivo na hora certa, poupou equipamento na hora certa e contou com abandonos e punições para avançar. Mas o que fica desse E-Prix é as voltas após a troca de carro, Senna voltou disputando posição com Prost (que abandonaria voltas depois) relembrando os bons tempos do automobilismo dos pegas entre Alain Prost e Ayrton Senna. 

A classificação agora fica dessa forma:

1°Di Grassi (BRA) - Audi - 75pts

2°Piquet Jr (BRA) - China Racing - 74pts

3°Prost (FRA) - E-DAMS - 69pts

4°Buemi (SUI) - E-DAMS - 55pts

.

.

10°Senna (BRA) - Mahindra - 28pts 

A última vez em que dois brasileiros venceram numa mesma temporada de uma categoria top foi pela Fórmula-Indy em 2014 com Helio Castroneves vencendo em Detroit e Tony Kanaan no oval de Fontana, e foi também na Indy a última vez que dois brasileiros dividiram um pódio, em 2013 no oval do Texas, vitória de Helinho com Kanaan em 3°.

A próxima etapa é 9 de maio nas ruas de Mônaco, no principado de Monte-Carlo.

 

Voltar

Web Rádio Premium Esportes. O seu esporte no caminho do bem!